+ Mais postagens
Liga de futebol

Entrevista ao Lance!

Nesta entrevista ao Lance! falo um pouco de tudo: futebol, MP984 , direitos de transmissão, o projeto clube-empresa e, é claro, sobre a emenda que apresentei que sugere a criação de uma Liga.

 

Como já disse, a MP deu o pontapé inicial, determinando que a negociação dos direitos de transmissão fique a cargo dos clubes mandantes, mas é importante que a gente olhe o futebol como um todo.

 

Por isso apresentei essa emenda, que não trata de aspectos esportivos, deixando claro, como a obrigação da criação de um campeonato, uma Premier League Brasileira. Se a Liga criada, por exemplo, quiser tendo o Campeonato Brasileiro organizado pela CBF, que eu acho bom, tudo bem. Só acho que os interesses que seriam negociados coletivamente através uma liga seriam melhor discutidos e partilhados. Conseguiríamos a garantia da competitividade em relação ao Brasileirão, que é um ativo que nós temos e poucos países possuem… Não estou falando de ter uma Copa João Havelange. Falo o seguinte: o aspecto de direitos de transmissão, diante do que vemos no mundo, deveria ser negociado coletivamente. E isso é algo crescente. As licitações de mídia que são feitas para o mercado interno ou externo estão ganhando muito valor. Os números estão aí. Há diversos estudos… Esses dias eu estava vendo um da KPMG (empresa de auditoria e consultora de gestão) que diz que a Premier League, logo em seu primeiro ciclo, cresceu quase dez vezes o seu faturamento. Sobre as vendas internacionais, as receitas da Premier League já contam com 46% através da expansão global, sendo transmitida em 188 países. Ou seja: faturando quase a mesma fatia das transmissões internas. A La Liga também tem um planejamento similar quanto às vendas externas projetadas.

 

Leia a matéria inteira clicando aqui