+ Mais notícias

50% dos cariocas com Saúde da Família

Este sábado marca o fim de uma semana dedicada às Clínicas da Família. Só hoje foram iniciadas as obras em duas, em Acari e em Coelho Neto, e inaugurada uma, a clínica Adolfo Ferreira de Carvalho, em Barros Filho.

Esta inauguração, aliás, foi a quinta da semana, que teve ainda a abertura das Clínica da Família Adib Jatene, na Maré; Estácio de Sá, no Rio Cumprido; Alice de Jesus Rêgo, em Santa Cruz e Isabela Severo da Silva, Campo Grande. Com estas cinco clínicas inauguradas nos últimos dias, ultrapassamos a marca de 50% dos cariocas cobertos pelo Programa Saúde da Família. Estamos cada vez mais perto da nossa meta, de 70% até o final deste ano.

As cinco novas clinicas, somadas, beneficiarão 102 mil pessoas. Ao todo, temos hoje três milhões de pessoas cobertas e, ao final de 2016, teremos 4,4 milhões. Há oito anos, o Rio amargava o posto de capital brasileira com pior cobertura de atenção básica de saúde, com apenas 3,5% dos cariocas atendidos pela estratégia de Saúde da Família.

O que estamos vendo acontecer na cidade é uma revolução na oferta de saúde preventiva, próxima, planejada, com visitas domiciliares e um olhar atencioso e global sobre o bem estar daqueles que mais precisam. Melmbrando que destas 85 clínicas, 39 estão na  Zona Oeste e, na Zona Norte, 35.