+ Mais notícias

Força-tarefa para ajudar o camelódromo da Uruguaiana

Assim como fizemos em janeiro, quando um incêndio atingiu o Shopping Nova América, a Prefeitura do Rio também vai ajudar os comerciantes que perderam seus boxes atingidos pelo incêndio do Mercado Popular da Uruguaiana, que ocorreu no dia 11 de outubro. Fizemos mais uma reunião com representantes dos camelôs hoje e com representantes da Caixa Econômica Federal (CEF), para que apresentasse uma linha de crédito especial para quem perdeu as mercadorias no incêndio. A CEF já fez um levantamento da situação de crédito de 105 comerciantes, e na próxima semana começa um atendimento personalizado.

A ideia é que, no início da semana que vem, a Caixa já comece o atendimento para o processo de empréstimo, para que os trabalhadores possam tocar o seu dia-a-dia. Amanhã será realizada uma reunião com a Riourbe para definir o processo de reconstrução o mais rápido possível. Vamos ter um projeto com prazos e custos para que os comerciantes possam tocar a vida e se preparar para o natal.

Além dos projetos de reconstrução, também conversamos sobre a eleição, marcada para o próximo dia 15, que criará de um comitê paritário, para que possamos organizar ainda mais essa interlocução entre a prefeitura e os membros do camelódromo.

Queremos que tudo seja agilizado, para que todos que perderam suas mercadorias e seus boxes no incêndio, possam voltar a trabalhar o mais rápido possível, para correr atrás do prejuízo.