+ Mais notícias

Mais duas clínicas e mais saúde para Campo Grande

Mais que uma satisfação participar do lançamento de duas Clínicas da Família em Campo Grande. Isso mesmo, não foi uma, mas duas novas unidades em Campo Grande que, daqui a oito meses quando ficarem prontas, vão atender a cerca de 42 mil pessoas da região.

A primeira nova unidade foi na Praça Sangradouro, do lado do West Shopping, que terá oito equipes de saúde da família e três de saúde bucal, beneficiando 24 mil moradores. E se juntará às outras cinco já em andamento, e mais outras dez que já foram concluídas na área.

Logo depois, parti para a Praça Boa Ventura, que também vai ganhar uma Clínica da Família novinha para os moradores, como a Dona Iolanda Pimenta, de 66 anos, que a partir de julho do ano que vem, não vai mais precisar se deslocar até a Clínica da Família no Comary para se tratar. Localizada na esquina com a Rua da Consolação, contará com seis equipes de saúde da família e duas de saúde bucal, beneficiando 18 mil pessoas.

As duas unidades terão, além dos consultórios, salas de ultrassonografia, raio-x, observação clínica, procedimentos, curativos, coleta, reunião, saúde bucal, auditório, farmácia, almoxarifado e academia carioca. Os pacientes terão atendimento clínico, tratamento para diabetes, hipertensão, pré-natal, exames laboratoriais, cuidados com a saúde da criança e vacinação, entre outros. Também poderão retirar gratuitamente medicamentos e insumos de uma grade de 208 itens da Atenção Primária.

Campo Grande conta hoje com 33 unidades, sendo 10 clínicas da família, 20 centros municipais de saúde (CMS) e três centros de atenção psicossocial. A cobertura de saúde da família da AP 5.2, que corresponde aos bairros de Barra de Guaratiba, Campo Grande, Cosmos, Guaratiba, Inhoíba, Santíssimo, Senador Vasconcelos e Pedra de Guaratiba, é atualmente de 62%.

As clínicas da família fazem parte de um projeto pioneiro e inovador que permitiu a revolução histórica no setor de saúde da cidade. Em 2008, o Rio era a capital brasileira com pior cobertura de saúde, com apenas 3,5% dos cariocas atendidos pela estratégia.

Atualmente, já são 48,1% de cobertura da população, o que representa mais de 3 milhões de pessoas beneficiadas. Mas hoje, graças a uma boa gestão, conseguimos dar um salto e já contamos com 77 clínicas da família inauguradas desde 2009.

Com isso damos mais um passo para chegar ao nosso objetivo de oferecer atendimento à 70% da população do Rio pelas Clínicas da Família até 2016. E vamos continuar seguindo a nossa meta de levar mais saúde e mais qualidade de vida para todos.