+ Mais notícias

O Amanhã é hoje! 

No primeiro fim de semana, 34 mil pessoas visitaram o Museu do Amanhã, durante o Viradão de inauguração, que começou às 10h do sábado e só terminou às 18h do domingo. Foram 32 horas de funcionamento ininterrupto que fechou a programação já à noitinha, com a apresentação da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) na Praça Mauá. E com entrada gratuita para todos.

Foi emocionante ver moradores de tudo quanto é canto da cidade, famílias inteiras na fila, turistas de outras cidades, estados e países, e gente de todas as faixas etárias querendo conhecer o local. Um sucesso de público que mostrou que o museu chegou com tudo e vai ficar para sempre como legado das transformações que a cidade vem passando.

Ao lado da nova Praça Mauá, com a paisagem da Baía de Guanabara ao fundo e sem a sombra soturna da Perimetral, o Museu do Amanhã é o maior símbolo da revitalização da Zona Portuária, não só pela beleza de suas formas projetadas pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, mas pelo projeto ambientalmente correto e totalmente sustentável. Com 320 metros de comprimento e 23 metros de altura, o museu tem 15 mil metros quadrados de área construída. O sistema de refrigeração, que fica no subsolo, vai captar a água da Baía de Guanabara e devolvê-la mais limpa ao mar. É mais do que um lindo projeto arquitetônico, é um ícone de construção que a gente deseja para o Rio.

E o que é melhor, a construção do Museu do Amanhã foi incluída no pacote de obras da prefeitura realizadas pelo Consórcio Porto Novo através da maior PPP (Parceria Público-Privada) do país. Assim como as demais intervenções do Porto Maravilha, o prédio também será custeado pela venda dos CEPACs (Certificados de Potencial Adicional de Construção), sem a utilização de recursos do tesouro municipal, ou seja, conseguimos trazer uma economia imensa para a Prefeitura do Rio.

É emocionante ver mais um point na cidade, a Praça Mauá toda ocupada, um polo cultural, numa região que há bem pouco tempo não havia nada além de concreto. O Museu do Amanhã nos faz refletir muito no presente e no futuro que queremos deixar para nossos netos. E é também uma resposta para quem dizia que as Olimpíadas só iriam privilegiar a Barra e que as desigualdades aumentariam.

Para quem ainda não viu, o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio reabrem nesta terça-feira com entrada gratuita. Nos outros dias da semana, entre quarta e domingo, o público pode aproveitar o Bilhete Único dos Museus, que oferece 20% de desconto na compra do ingresso para os dois museus.

Eu só tenho a agradecer a todos que trabalharam e acreditaram nesse projeto maravilhoso que é o Museu do Amanhã. Ficou muito bacana e tenho certeza que os ‪‎cariocas da gema e do coração, turistas e simpatizantes vão aproveitar cada espaço do museu e todo o entorno. É uma grande celebração para o Rio e mais um presente para o carioca.