+ Mais notícias

Um bonde chamado futuro

O bonde está de volta ao Centro! Este domingo foi dia de acompanhar a inauguração do VLT Carioca e o Passeio Público da Avenida Rio Branco. As aguardadas novidades dão outra cara ao Centro, que agora ganha um modal rápido, sustentável e moderno, que integrará todos os meios de transporte do Centro e Zona Portuária – barcas, metrô, trem, ônibus, rodoviária, aeroporto Santos Dumont, Teleférico da Providência, terminal de cruzeiros marítimos e, futuramente, o BRT Transbrasil.

Já o novo Passeio Público da Avenida Rio Branco, entre a Avenida Nilo Peçanha e a Rua Santa Luzia, ganhou arvores, canteiros verdes, bicicletários bancos e nova iluminação. Tudo isso emoldurado pelo Theatro Municipal, o Museu Nacional de Belas Artes e a Biblioteca Nacional.

Tamanha mudança merece uma comemoração à altura. O prefeito Eduardo Paes convidou para a  ocasião as baterias da Mangueira e Vila Isabel, além de baluartes e damas do samba, como a Tia Surica. E foi assim, em ótima companhia e com a melhor trilha sonora, que percorremos o primeiro trecho desse bonde moderno que favorece o reencontro do carioca com essa área tão bonita e importante da cidade. E o resgate de sua história.

O trecho inaugurado hoje vai da Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont, com 18 Km em trilhos, 17 paradas e uma estação. Sua operação comercial começa em julho, quando funcionará 24h. Até lá, o VLT vai transportar passageiros em oito paradas – Parada dos Museus, São Bento, Candelária, Sete de Setembro, Carioca, Cinelândia, Antônio Carlos e Santos Dumont –, de segunda à sexta-feira, de 12h às 15h. E de graça! A ligação entre a Central do Brasil e a Praça XV entra em operação no segundo semestre e, em 2017, será a vez do trecho que funcionará na Avenida Marechal Floriano.

O avanço gradual da operação do VLT tem o objetivo, o cuidado, de fazer com que a população se acostume ao novo veículo. Este convívio com a movimentação dos bondes em uma área tão dinâmica é essencial para eliminar riscos de acidentes. A prioridade é a segurança da população.

Para isso, a Prefeitura do Rio e a concessionaria do VLT Carioca vao intensificar campanhas educativas de orientação aos pedestres sobre segurança, forma de pagamento, compra de bilhetes e regras de convivência dentro dos bondes. A Guarda Municipal também disponibilizou 160 agentes para o trabalho exclusivo no ordenamento urbano do trajeto do VLT.